fbpx

Os preços aumentaram! Como avisar meus clientes?

O mercado financeiro está sempre tendo oscilações e mudanças econômicas. O aumento na precificação de produtos, por sua vez, é uma das consequências disso. O preço do arroz, por exemplo, teve um aumento de 76,1%, durante o ano de 2020. Outro item, que também teve um aumento acima do comum, foi o tomate, com 52,76%.

Junto dos aumentos, a insatisfação pela mudança de preços também pode chegar. Daí, surge a pergunta de 10 milhões de reais: Como avisar os clientes, prepará-los, para uma eventual mudança de preços? Se você ainda não sabe como se preparar para isso, então acompanhe as próximas linhas.

1) Comunique com antecedência

Essa pode ser considerada a primeira estratégia a ser adotada. Isso mostra que você se importa que eles saibam da mudança, ou seja, que tem uma grande consideração, que buscou avisá-los sem mudar tudo repentinamente. O aviso tem de ter um prazo razoável. Junto disso, com toda certeza, a insatisfação será muito menor do que o normal.

2) Faça aumentos razoáveis

Tente evitar ao máximo a seguinte situação: deixar para fazer um aumento desproporcional, de uma vez só. Pense que existem duas pessoas: uma delas, faz aumentos razoáveis, aos poucos, quase que imperceptíveis; a outra, aumentou em 50%, de uma vez só, o preço de um produto muito vendido. Qual das duas poderá ter um melhor desempenho de vendas?

Com toda certeza, aquela que aumentou seu preço aos poucos. Lembrando que as duas chegaram aos mesmos valores de venda. A diferença foi o método empregado.

3) Reforce os valores do seu produto!

Não basta somente avisar sobre o aumento. Outra parte essencial é reforçar os seus diferenciais, isto é: “pelos motivos ‘x’, ‘y’ e ‘z’ vale a pena você manter a fidelidade de compra na minha empresa, não só pela qualidade do atendimento, ou pela disponibilidade em sempre te ajudar, mas também porque nossa qualidade é diferenciada, nosso espaço”, chegando ao ponto das pessoas comprarem de você pela qualidade oferecida.

Cada vez mais se torna muito claro que as pessoas não compram somente o produto físico, ou até mesmo o que tenha preço mais barato, mas além de tudo o valor que aquilo tem, tudo que está por trás do produto em si.

4) Ofereça benefícios exclusivos para os clientes

Outra estratégia que sempre funciona bem, para facilitar a adesão e aceitação às novas mudanças de preço. Quer uma dica? É possível inserir uma promoção temporária, junto das novas mudanças. Exemplo: 10% de desconto por 4 dias e, para clientes que já compram de você há tempos, um desconto diferenciado de 20%. Esses elementos agregam muito valor e confiança.

5) O aumento pode, de fato, ser justificado? Dê justificativas certeiras

Essa é uma grande pergunta a ser feita. Antes do aumento efetivo, vale a pena se perguntar: Há uma boa justificativa para esse valor, no qual pretendemos chegar? Nesse sentido, uma pesquisa de preço pode ser muito útil para você. Caso o aumento valha a pena e tenha sólidos motivos para ser realizado, não há problema algum de ser feito.

Se você gostou das dicas de hoje, inscreva-se no nosso canal do Telegram, clicando aqui. Nele, trazemos reflexões sobre nossos produtos, gestão empresarial e muito mais. Valeu!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *