fbpx

Classificações fiscais: por que mantê-las atualizadas?

créditos da imagem: Freepik

Muitas pessoas não veem necessidade em manter as classificações fiscais dos seus produtos atualizadas. Para alguns, isso é uma necessidade. Para outros, nem tanto. Contudo, manter produtos dentro do seu NCM ou CEST específicos é essencial.

Por isso, te ensinaremos a como atualizar seus códigos fiscais errados, dentro do MyCommerce. Antes de tudo, porém, temos de explicar a importância de manter classificações fiscais atualizadas.

Porque você não deve relaxar no cadastro de situações fiscais…

Gostaria de acordar, num belo dia de sábado, com uma multa de R$ 5.000,00 na sua porta? Pois é, ninguém gostaria disso. E essa é uma das possíveis multas, oriundas de um cadastro errôneo de NCM. Clicando aqui, você pode checar todas as outras.

Outro código muito importante de se manter atualizado é o CEST – Código Especificador de Substituição Tributária. Se ele estiver errado, os preços dos seus produtos também podem ficar desnivelados, seu fluxo de caixa pode ser comprometido e, pior ainda, quando for emitir uma nota fiscal, a Sefaz a rejeitará.

Por todos esses motivos veja, abaixo, como atualizar NCM, CEST e afins no MyCommerce. Você pode fazer isso de duas maneiras principais, que vamos te mostrar.

MyCommerce e as classificações fiscais

  • Com seu MyCommerce aberto, selecione o menu de “Estoque > Auditoria > NCM/CEST/Benefícios Inválidos”;
  • Após isso, a seguinte janela vai se abrir em sua tela:
  • Na tela mostrada anteriormente, serão listados todos os produtos em situação fiscal errada, sejam por NCM, CEST, Benefícios ou PMC.
  • Para editar a situação em questão, basta dar dois cliques sobre o produto e editá-lo, dentro da tela de produtos que será aberta:
  • Outra opção para utilizar a tela acima, está em acessá-la já quando seu software é aberto. Se você não tem isso habilitado, basta acessar o menu de “Cadastro > Usuários” e na listagem de permissões de usuários, dentro da aba “Inicialização”, habilitar a opção “Avisos”:

Assim que abrir o MyCommerce, surgirão alguns avisos e, se for o caso, o aviso específico da tela com classificações fiscais erradas, a mesma apresentada na primeira imagem desse artigo.

Além dos processos mostrados em software, também recomendamos, fortemente, que se busque assessoria contábil e fiscal de qualidade, para te orientar sobre possíveis dúvidas específicas de situações fiscais e tributárias.

Se gostou do nosso artigo de hoje, siga acompanhando nosso blog e nossas páginas nas mídias sociais – clique aqui e se inscreva no nosso canal do Telegram, para ter acesso a dicas diárias de uso do seu software. Valeu e um grande abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *